quinta-feira, 22 de novembro de 2012

VAMOS OPINAR?

Olá queridos alunos da 8ª M1, assistam ao video, leia o texto e opinem:

Gabriel O Pensador: Rap do Feio

Dois irmãos gêmeos, um bonito e um feio
desde cedo o bonito sacaneava o feioso
dizendo que ele mais tarde ia trabalhar num rodeio fazer careta pro touro e deixar o bicho nervoso
"Cala a boca, pentelho!", repondia o feinho
"Vai casar com o espelho? Então fica sozinho"
e o feio saía sempre fazendo amizade, sem a menor vaidade
popular na cidade
na adolescência, malandro, mandava bem nas festinhas
e o bonito bolava se aparecia um espinha
"Que espinha nem cravo, meu irmão, não esquenta! Eles apagam a luz antes da música lenta!"
"Uh, uh, uh, que beleza!"
E muito tempo depois, vendo o seu irmão tão lindo e tão mal humorado
o feio, sorrindo, criou um belo ditado:
"A beleza é passageira, mas feiúra é um bem que a gente tem pra vida inteira"
A mulherada gostava, a natureza foi sábia
ele perdia em boniteza mas ganhava na lábia:
"aí, gatinha, chega aí, chega mais perto, Não tema
eu sou 100% feio, eu sei, qual o problema?
eu sou feio mas te faço feliz, com palavras gentis
um papaya com licor de cassis
o feio sabe o que faz, o feio sabe o que diz
os detalhes sutis, você vai pedir bis
mais vale um feio maduro que dez galãs infantis
então pensa num ator, que eu penso numa atriz
apaga a luz e vem que o amor é cego, meu bem
abre a porta e vai entrando que eu entro também"
"Uh, uh, uh, que beleza!"
É dos feios que elas gostam mais
o feio não vacila, o feio corre atrás
e corre na frente, é valente, chega junto
um feio inteligente nunca fica sem assunto
já o bonito é diferente
confia na beleza e fica meio… diz, displicente
e nesse meio tempo em que o bonito só pensou no visual
o feio se arrumou e ganhou na moral
na real, o bonito se dá mal geral
quando é festa, churrasco, pagode ou carnaval
porque sempre que a mulher acompanhada perde a linha
só olha pro bonito
"Nossa, que gracinha!"
mas aí o maridão, que já tá cheio de cana
junta logo os outros cornos pra juntar o bacana
e se tiver tiro, o bonito é que morre
o corno corre, a mina chora e adivinha quem socorre?
acertou em cheio quem achou que é o feio
que executa a mulher do alheio sem tiroteio
e se a própria mulher depois resolve contar
e o marido traido se recusa a acreditar:
"Quem?! Aquele cara ali? Ah, fala sério! Se é com ele pode ir."
"Uh, uh, uh, que beleza!"
Eu sou feio mas eu faço bonito
E as mulhé dão grito, e as mulhé dão grito!
Eu sou feio mas a sorte me escolhe
E as mulhé dão mole, e as mulhé dão mole!


Bem legal, não é mesmo? Agora é a sua vez:

Reflitam sobre o que diz a canção, o que a mídia tem apresentado sobre sinônimo de beleza e comentem respondendo à pergunta:

 Você acha que beleza é fundamental?




quinta-feira, 28 de junho de 2012

Plano para Salvar o Planeta (Turmas de Meio Ambiente- 5a série)

Olá Galerinha,

 Assistam ao vídeo e vamos comentar sobre as atitudes que devemos  assumir para ajudar o planeta.

Quem começa? Não esqueçam de indicar a turma! Beijão

Vamos morder a Língua?

Olá alunos da disciplina de REDAÇÃO, vamos opinar?

O que vocês entendem sobre: Morder a Língua?



Vamos ouvir e comentar  essa bela canção.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Olá amigos (as),
Vìdeo  para reflexão neste inicio de ano letivo: O olhar do educador.

Boa semana para todos!!!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Momentos do Sarau realizado pela Escolinha Sítio do pica-pau Amarelo

O LEÃO



 A CACHORRINHA


O PATO


O PINGUIM

AS BORBOLETAS

 
PARABÉNS  EQUIPE! 
VIVA A POESIA!

Finalização do Projeto didatico: No Sítio do Pica-pau Amarelo tem: Poesia

“As poesias, parlendas, trava-línguas, os jogos de palavras, memorizados e repetidos, possibilitam às crianças atentarem não só aos conteúdos, mas também à forma, aos aspectos sonoros da linguagem, com ritmo e rima, além das questões culturais e afetivas envolvidas.” ( Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil).


A Educação Infantil é um excelente momento para inserir poesia na vida das crianças, pois a brincadeira com as palavras e sons desperta o bem estar e sentimentos agradáveis, a poesia é o texto escrito ou falado, que apresenta ritmos e rimas. É um tipo de texto que atrai muito, pois apresentam um caráter lúdico que ajudam na elaboração e orientação didática da sala de aula.
Pensando nisso, foi realizado na Escolinha Sítio do Pica-pau Amarelo- Várzea Nova Bahia o Projeto: No Sítio tem poesia, durante os meses de agosto e setembro; além de despertar o gosto pela leitura, o projeto também objetivou levar ao conhecimento dos alunos e comunidade a obra do poeta Vinícius de Moraes através da leitura do  livro A Arca de Noé. Dessa forma  os alunos vivenciaram o papel de leitores, mesmo antes de saberem ler convencionalmente.
 O produto final aconteceu dia 10 de outubro com a realização de uma Caminhada Literária pelas ruas da cidade e apresentação de Sarau. A Fanfarra Municipal  participou do evento e através do ritmo da percussão buscou-se chamar a atenção de todos para a necessidade de incentivar a leitura desde cedo.

Confiram alguns momentos:





ABERTURA DO SARAU:
"A arca desconjuntada
Parece que vai ruir
Entre os pulos da bicharada
Toda querendo sair" 




Algumas poesias apresentadas no sarau:

AQUARELA




 O GIRASSOL


O RELÓGIO:



 

domingo, 6 de dezembro de 2009